Você costuma inserir texturas como imagem e duplicá-las para criar os planos de cada material no Photoshop?

Imagino que sua resposta provavelmente seja sim, e nesse caso você está fazendo isso errado!

O photoshop tem sido utilizado cada dia mais na área de arquitetura, não só na pós-produção, para tratar imagens (renders) que geramos de algum modelo 3D, mas também muitas vezes para inserir as texturas do zero, seja em uma planta humanizada, corte, ou até mesmo em perspectivas.

Entretanto, ao acompanhar o processo de trabalho de alguns profissionais na área de arquitetura, notei que é muito comum a inserção de texturas como imagens diretamente no photoshop, ocasionando, na maior parte das vezes, em um caminho muito longo e em um resultado questionável. Foi então que eu senti a necessidade de criar este vídeo. Sempre expliquei o método que utilizo e todos passaram a aderir, então acho que isso pode ser válido para mais pessoas!

Hoje você descobrirá uma maneira muito mais fácil e otimizada de realizar a aplicação dessas texturas, isso sem mencionar a qualidade final de suas plantas e cortes humanizados!